domingo, 27 de maio de 2012

Revisitação

No próximo fim de semana, começo o sábado bem pela fresca, de mala aviada e de caminho para uma conferência. A última deste ano, se pensarem que, para mim, os anos também são escolares e não só, ou tanto, civis. A minha vida não se compadece com grandes descansos em Dezembro, nem balanços, nem nada. O meu corpo acusa o cansaço extremo é nos meses do estio e dentro de pouco tempo entro em modo duas velocidades: devagar e devagarinho, sendo certo que, apesar disso, as tarefas se acumulam e têm de ser feitas. Se não fizesse anos em Dezembro e o Natal não fosse a minha época amada, diria mesmo que só conhecia o calendário escolar, desprezando sem remorsos o civil. Mas enfim, dizia eu que no próximo sábado hei-de botar faladura pela última vez este ano. Depois terei dois meses intragáveis, ocupados com exames para corrigir, provas orais para fazer e... pouco mais que isso (estou a ponderar ir aos Santos :)). Tempo muito mal gasto, diga-se. Chegarei ao destino num comboio madrugador e daqueles que me levam pelo caminho mais bonito para se fazer de comboio a seguir ao da costa este de Itália, de Veneza para Assis (dificilmente destronável, penso). Falarei, ouvirei, discutirei, aprenderei e... despedir-me-ei, em ânsias, com uma mala aviada com bem mais que livros, rumo a um fim de semana há muito desejado. Lá para os lados da Invicta, cidade a que não me rendo mas a que reconheço encantos que sobrem para me fazer feliz dois dias na companhia certa. Estou a precisar desta revisitação que se anuncia como de pão para a boca. Estou que pareço garota, a querer (re)viver tudo de uma assentada. Aiiii... Falta uma semana :)

2 comentários: