sexta-feira, 18 de maio de 2012

Foi um mimo. Chegou por mail. É tão bonita.



Às vezes sentava-se na rede, balançando-me com o livro aberto no colo, sem tocá-lo, em êxtase puríssimo.
Não era mais uma menina com um livro: era uma mulher com seu amante.


 Clarice Lispector

1 comentário:

  1. olha que engraçado, também gosto muito da Clarice Lispector! ;)

    ResponderEliminar