segunda-feira, 12 de março de 2012

Word verification

Acho que, finalmente, consegui tirar aquelas putas do vosso caminho.
Fico com os beijinhos e xis em carteira para quem, agora, me descobrir como raio volto a permitir que subscrevam os comentários de um determinado post. Sim.... que fui eu, com esta cabeça esperta e encaracolada, que tirei as palavras. Não me perguntem como. Já não consigo reproduzir o processo. Foi por tentativa erro. Calhou. Mas é no interface antigo, isso é.

Adenda: A Raquel explica tudo, aqui.
Adenda 2: Escusam de andar à porrada, que os beijinhos e os abraços já estão entregues. A Ana e o P. (já disse que o P. foi a primeira pessoa que conheci pelo blog, com a Guilhim, tão foffis?!) são pro nestas coisas e lá me levaram pelo caminho da luz. 

11 comentários:

  1. Para que te possam subscrever os comentários vais ter de voltar a essa mesma secção (onde retiraste a verificação de palavras) e mudar o formulário de comentários para "incorporado na mensagem".

    ResponderEliminar
  2. Ah! Esses malvados é simples: vais a Definições>Comentários>Colocação do formulário de comentários e escolhes a opção Mensagem abaixo incorporada. :)

    ResponderEliminar
  3. Ana e P., decidam entre vocês quem fica com os beijinhos e quem fica com os abracinhos :)
    São os máiores!!!
    Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vá, eu fico com os abraços, não vás ter um admirador secreto que fique ciumento. :p

      E já reparaste que assim até tens aquelas respostas personalizadas aos comentários? Do tipo poderes responder directamente a um comentário?

      Eliminar
    2. P., acho que não tenho nenhum admirador secreto. De todo o modo, podíamos discorrer aqui três horas sobre o que será mais íntimo e, por aí, passível de causar ciúme. É que, a bem da verdade, entre os beijinhos a que me refiro no post e os abracinhos a que também ali me refiro, sem dúvida nenhuma que a intimidade, a intensidade, a proximidade, o maior bem querer está nos abracinhos. Mais. Por acaso tem piada, porque pondo-me a pensar nas coisas, acho que há poucos gestos mais largos no sentimento, de maior cumplicidade e entrega que um abraço apertadinho. Mas isto sou eu que digo.

      Quanto ao mais e a estas respostas "ora agora toma lá, ora agora dá cá", só tenho uma coisa a dizer: és tão esperto, tenho tanto orgulho em ti :)

      Gosto de ti *

      Eliminar
    3. Pronto, eu também vou dispensar os beijinhos e abracinhos, não que não goste deles, mas não quero disputar estas coisas com ninguém:D

      Eliminar
  4. a parte chata de ter os comentários incorporados na mensagem é que nem toda a gente consegue comentar (só sei disto porque recebi um e-mail a dizer isso mesmo de alguém que não conseguia deixar nada escrito). tive de voltar à pop-up window. ninguém subscreve, verdade, mas qualquer um pode deixar um comentário!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério?!

      Pessoas, se acontecer a alguém o que o pedro b descreve, please mandem mail a avisar, tá?!

      Eliminar
  5. eu tive só uma pessoa a queixar-se, mas fui investigar e descobri que há mais gente com o mesmo problema pela blogosfera fora. deixei até uma mensagen no blogger para ver se algum engenehiro do google se chega à frente e põe isto a funcionar como deve ser.

    ResponderEliminar
  6. :) Hoje estava mesmo a precisar de ouvir um és tão esperto. ;)

    ResponderEliminar