quarta-feira, 7 de março de 2012

Os velhos antes do tempo

Os velhos de pouca idade afligem-me. Dão-me ares de asneira irremediável no dia em que descobrirem que a vida... não volta atrás. Tendo sido sempre suficientemente responsável para parecer grande, nunca deixei, até hoje, acho eu, de ser miúda. Tenho até a sensação de que, em muitas, muitas coisas, sou menina, quase infantil. E, em regra, não desgosto, não me esforço por fazer diferente. São opções sem régua e esquadro, mas não me sinto desconfortável neste misto de menina-mulher. Coisa diferente são os velhos antes do tempo, os jovens que nunca usaram sapatilhas, que nunca fizeram directa, que nunca saíram à noite, que nunca tentaram engrupir os pais, que nunca disseram uma asneira, que nunca transgrediram. Transgredir faz parte, bolas. Ser certinho é bom, ser velho antes do tempo é mau. Hoje de manhã convivi com o pior de todos os velhos antes do tempo. Soma a essa característica, uma pior: tem a puta da mania. Ter a puta da mania, então, tira-me do sério. Porque ser cachopo e ter a mania, oh pá, releva-se, diz-se que é da idade, desconta-se em nome das hormonas aos saltos. Agora, ter a mania e ser velho antes do tempo é irritante. É conhecida a minha aversão por gente que se expressa recorrendo a sucessões de palavras caras que espremidas não dão nada, bem assim como a gente que se acha a última bolacha do pacote. Este tipo era isto tudo. Mais. Era isto tudo, disfarçado de modéstia. Dá vontade de berrar aos ouvidos desta gente e, quando caem, dizer "olha... azar!". Esta gente tira-me do sério e, então, quando tenta fazer de mim parva, esta gente faz nascer em mim instintos assassinos. Ou não. Que depois fico-me pela pena. Pena. Ser velho antes do tempo deve dar imenso trabalho e tão pouco prazer...

4 comentários:

  1. É incrível como tu metes em palavras pensamentos que eu tenho, soltos, que todos juntos fazem o seu sentido!

    ResponderEliminar
  2. :) Vou tomar isso como um elogio!

    ResponderEliminar
  3. É incrível como a Kelle escreveu o que eu estava a pensar sobre o que tu escreveste :)

    ResponderEliminar