sábado, 1 de outubro de 2011

Amiga é

aquela que sabe que quando vamos de cabelo esticado, unhas pintadas, vestido mais curto e sapatos com salto, muito provavelmente, não estamos tão felizes como quando nos encontra sentadas em casa de calças de ginástica e bacalhau com natas a gratinar no forno. Amiga é aquela que compra queijadas e ainda convence quem vier que uma bolinha de gelado de caramelo é que combinada mesmo bem. Amiga é aquela que vê chorar muitas vezes mas não permite que a amiga se vá com as lágrimas por enxugar. Amiga é a que conta os segredos e ouve os segredos. Amiga é a que está lá. Amiga é a que não deixa a amiga não sair da cama dias inteiros. Amiga é a que magoa o que for preciso se for para dizer uma verdade imprescindível. Amiga é a que não se importa que pensem que passam serões a falar dos tons da moda e do tamanho das carteiras must have da estação, simplesmente porque saberem do que falam seria demasiado íntimo. Porque as amigas são íntimas. E falam do mau sexo, da falta dele ou do desejo secreto de retomar uma história de há tempos com a mesma falta de vergonha com que comentam o que foi o pequeno almoço. É que as amigas são faces diferentes de uma mesma moeda. E se isto não são as amigas, lamento profundamente, mas tenho sido muito pior amiga do que supunha que as amigas deveriam ser.

6 comentários:

  1. Não... as amigas só fazem reuniões da tupperware! :P

    (não expliques a verdade... é demasiado para certas cabeças!)

    é tão bom ser tua amiga!

    Gosto de ti e de ti
    :)

    ResponderEliminar
  2. Amiga é tão pura e simplesmente isso... nem mais, nem menos!
    Ser amiga é termos o luxo de estar em casa uma da outra, tirar os sapatos e dizer "ó pá não ligues mas tenho a meia rota"! Ou então sentar no chão, de pernas cruzadas, a desabafar...
    Ser amiga é deixar que a tal outra face da moeda seja ela própria, sem censuras... sem chamadas de atenção para a "falha social"!!!!

    ResponderEliminar
  3. Ou dar boleia à amiga até casa depois do jantar e depois ficar no carro a conversar até se perceber que já são quase 5 da manhã?
    Aconteceu-me na sexta. Tão bom! :)

    ResponderEliminar
  4. Nem mais, nem menos, R.!

    Raquel Úria ainda ontem me aconteceu praticamente o mesmo...e vim para casa a achar que sou uma sortuda por algumas pessoas fazerem parte da minha vida! ;)

    ResponderEliminar