terça-feira, 5 de março de 2013

O hábito faz o monge

Ou, no caso, o hábito faz a praticante.

Um mês depois, demorei praí uns três minutos até conseguir fazer novamente a asana invertida em termos decentes.  Decididamente, nestas coisas das boas práticas também físicas, parar é a desgraça da artista.  

1 comentário:

  1. Já não pratico há 1 ano, acho que já não consigo fazer a invertida.
    Bj

    ResponderEliminar