quarta-feira, 4 de julho de 2012

Do estado das coisas

Gosto demasiado do meu país para não me invadir uma tristeza profunda de cada vez que penso no caso do Ministro Relvas e da sua licenciatura em apenas um ano, na batota de Sócrates ao formar-se ao domingo, nos expedientes dilatórios que condenam os mega processos judiciais, nos quatro euros à hora que pretendem dar aos enfermeiros na sua jorna diária, nos subsídios de Natal e de férias que alguns privilegiados mantiveram excepcionalmente, nos números do desemprego, no mais famoso português a tratar o Presidente da República por você, no desinvestimento nas artes, em como escarram nas expectativas dos investigadores nacionais e em muitas outras coisas. Há mais de um ano que me recuso a ver noticiários. Consulto vários jornais diariamente e isso basta-me como teste de resistência emocional. Este país... tomado de assalto por chicos espertos e bandalhos, ignorantes e afectados... Tenho uma pena...

6 comentários:

  1. Julgava que era a única a mudar de canal no horário do noticiário... sendo assim, já não me sinto tão mal!

    ResponderEliminar
  2. Pois, eu começo a ficar cada vez mais cansada disto. Tenho uma pena tão grande, temos coisas tão boas - e não estou a falar só do clima. Temos tanta gente tão inteligente, com tantas capacidades, temos tudo para sermos um grande país. E porque é que não somos? Estou a ficar mesmo cansada disto...

    ResponderEliminar
  3. às vezes, poucas, tenho é pena de ter sido educado com valores, sabendo dos meus direitos e deveres, onde o chico-espertismo nunca foi tolerado. é que aprender a falar e a escrever como deve ser, estudar, tirar um curso e até mesmo trabalhar seria tão mais fácil se tivesse tido outro "apoio".

    ResponderEliminar
  4. Muito, muito cansada! Também já há muito que não vejo noticiários, nem na rtp2 - desde que mudaram o figurino da coisa e os pivots aparecem de pé (mete-me impressão, pronto!). Mas confesso que já pensei em abandonar também a leitura de jornais nacionais que teimo em fazer: o desalento que me assalta é tão grande que acho que vou passar a ler só os jornais estrangeiros. E apostar mesmo tudo em mim, já que do país que temos (com esta elite de dirigentes) pouco ou nada posso esperar...

    Espero que não se importe que mantenha o anonimato. Tenho ainda algum pudor em revelar-me na blogosfera...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónima, não me importo nada. Volte sempre :)

      Eliminar
  5. Estudei durante 5 anos ( que se transformaram em 6 ). A trabalhar no duro. a acordar as 6 da manha e a deitar-me tardissimo. Estas noticias magoam.

    Nao tenho televisao. Sou bem mais feliz sem ela.


    erva doce

    ResponderEliminar