quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Bora lá assinalar o feriado com uma gulodice



Está tão boa!!! É a tarte de maça mais fácil de fazer... de sempre. Base de massa quebrada, maças laminadas em quantidade a gosto (eu acho que quanto mais melhor...), polvilhado de canela e três colheres de sopa de mel por cima. Vai ao forno médio, cerca de 45 minutos.

Estou a adorar esta fase fada do lar :) Só tenho pena de não ter tempo para coisas mais elaboradas...

6 comentários:

  1. de onde vieram essas maçãs?!
    P.S.: tem bom aspecto! ;)

    ResponderEliminar
  2. ahahahahahahah :)

    Não, não vieram de onde estás a pensar. Vieram de casa dos meus pais, no fim de semana passado. Está descansadinha :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Mesmo sabendo que ultimamente só te puxo as orelhas?! Bem... pelo menos não aderi ao "olha para o que eu digo, não olhes para o que eu faço": a prova está na origem destas maças :)

    Beijinho, pipoca!

    ResponderEliminar
  4. Raquel, não é para me gabar... mas ias ficar tão orgulhosa de mim. A modos de inventei isto com o que havia e está tãããooo boa, pá! :)

    ResponderEliminar