domingo, 23 de dezembro de 2012

Verdades e assim assim


Amanhã compro os dois últimos presentes de Natal (M-E-D-O) e recupero o meu telemóvel, que foi ontem para outra cidade, por engano, dentro de um gorro (a sério... não tentem entender... festas com os meus amigos costumam ter coisas que não dão para entender... mesmo). Depois... é Natal. E pronto. Este ano conto pastelar muito no Natal. Tanto mais que acho que não precisamos de fazer uma única sobremesa. Fazemos um bacalhau simples e já está. Temos a mesa da sala posta. Aguardamos visitas. De pessoas gulosas, que consumam, pelas alminhas, ou entramos em 2013 com uns quinhentos quilos cada um. É o que dá fazer festas e convidar só piscos. É isto. 

2 comentários:

  1. São essas peripécias que tornam os nossos amigos tão especiais :)

    ResponderEliminar