quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Hércules... da fraqueza

Não me perguntem como, mas a verdade é que consegui, durante a noite, num dos meus exercícios de bruxismo, partir um implante de zircónia. Assim. É comum acordar com dores horríveis de cabeça ou nos maxilares ou de ouvidos, mas nunca tinha partido nada. Gasto os dentes, de os ranger, mas nunca os havia partido. O meu implante, novinho, pago a peso de ouro, foi a primeira vítima. Tau. Ai andas cansada, ai andas a dormir pouco, ai tens uma tese parada, ai precisas de lançar notas amanhã, ai ainda não tens nada de jeito pronto do artigo pendente?! Ora então, para não te armares em forte, toma lá um sinal de que é melhor abrandar o ritmo. Tau. Um implante partido. Não é normal. 

2 comentários: